25 de Abril, Mariana Cordeiro

O QUE QUER QUE ENTERRES

se pisas as sementes,
se mentes,
se travas o caminho
à primavera

tudo isso um dia te espera

a tirania do homem anónimo
as obras predilectas

– o que quer que enterres
na superfície da esfera –

o pesar do teu próximo,
a voz dos profetas

tudo isso um dia te espera

se pisas as sementes,
se mentes,
se travas o caminho
à primavera

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on pocket
António Fojo

António Fojo

Activista anti social pela alta burguesia e empreendedorismo.

PARTILHAR