III
XX olhos cães ferozes

olhos na calçada
e o corpo inteiro foge
sozinho a subir a rua
braçada a braçada
ao longe o contentamento
perto a madrugada
mantenho os olhos
os olhos presos
presos na madrugada
sempre presos na calçada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on pocket
Rui Sobral

Rui Sobral

Escritor que lê, escreve e medita. E repete todos os dias, não necessariamente na mesma ordem.

PARTILHAR