First Steps (after Millet), Vincent van Gogh

III
XVIII Petra – um poema de amor

também Tu me ajudas a descer da cadeira
de madeira
proíbes-me com a Tua nascença
de morrer cedo às minhas mãos
(uma outra espécie de Salvação
uma outra forma de penitência)
já não desejo a morte como antes
nem a fome me é tão sujeita
e desço da cadeira
da madeira
sempre que me dizes não
sempre que me chamas Pai

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on pocket
Rui Sobral

Rui Sobral

Escritor que lê, escreve e medita. E repete todos os dias, não necessariamente na mesma ordem.

PARTILHAR