II

LXXXVII o vento mundo meu

pego nos comprimidos
preparo-me para partir
chamo os amigos que
nunca foram meus

aviso-os “vou partir”
abraçam-me calados
ou gritam silêncios em coro
a memória é fraca

dispo as meias e a
camisola enrolo-me
em mim e fico calado
até a fome chegar

pego nos compridos
preparo-me para ir
embora mas não vou
de fome prefiro morrer

os comprimidos deixo
para quem acaba de falecer
entrego-os à vida que
minha nunca chegou a ser

Separation in the Evening, de Paul Klee
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on pocket
Rui Sobral

Rui Sobral

Escritor que lê, escreve e medita. E repete todos os dias, não necessariamente na mesma ordem.

PARTILHAR